Resenhas

Duas Vezes Amor de Katie Cotugno

Apaixonante e exala fofura. Estava lendo com tanto afinco, que quando chegou à última página fiquei decepcionada. Queria mais.

Vi muita gente falando que não compraria o livro pela capa. Que essa capa não chama atenção e tals. Mas comigo foi justamente ao contrário. Me interessei justamente por causa da capa. É fofa e delicada, te deixa com vontade de ler a sinopse e ter o livro na sua estante. A diagramação é toda fofa e essa cor laranja da capa é puro amor.

10707937_731969460173529_732186821_n

Em Duas Vezes Amor conhecemos duas famílias super amigas. Os patriarcas administram um restaurante juntos, por isso seus filhos cresceram no mesmo ambiente. Reena e Sawyer se viam durante toda semana e quase todo dia, mas nunca foram amigos próximos. Sawyer era o popular, cheio de amigos e meninas o rodeando. Já Reena sempre se escondeu atrás de seus livros, não gostava de chamar atenção e passava facilmente despercebida. Mas claro que ela notava Sawyer, prestava atenção em seu perfume, em seus músculos e sua beleza. Reena guardava a queda que tinha por ele trancada a sete chaves.

Mas quando sua melhor amiga começa dar em cima de Sawyer, o jogo muda. Reena conhece o ciúmes e a partir daí Sawyer começa a nota-la. Ele repara nela e quando vê, Reena era a namorada do Sawyer. E ai quando tudo estava perfeito, ele some. Nesta época Reena descobre que Sawyer esqueceu uma coisa com ela. Seu bebê que ela estava carregando.

Isso foi mais ou menos dois anos atrás. Reena tinha dezesseis anos, agora tem dezoito e uma bebê. Ela abdicou seus sonhos por sua filha, Hannah, mas conseguiu se virar e se sente muito orgulhosa pelo trabalho que fez com sua bebê. Neste cenário, de uma hora para outra, o pai de sua filha volta. Sawyer aparece e coloca a vida de Reena de cabeça pra baixo de novo. Ela mudou. Ele mudou. A única coisa que não mudou foi o amor que os dois sentem um pelo outro.  Agora Reena vai ter que encaixar Sawyer em sua vida, que ela lutou tanto para construir, e terá que tomar a decisão de perdoá-lo ou não.

Os capítulos são alternados entre o passado e o presente, então podemos ver claramente o quando Reena amadureceu e lutou por sua filha. É lindo perceber que ela nunca pensou em desistir, para Reena quem vinha em primeiro lugar era Hannah. Também acompanhamos como o romance de Reena e Sawyer começou.

Daria umas dez estrelas para Sawyer, Reena e Hannah. Melhor, daria para Katie Cotugno, que com sua narrativa simples conseguiu introduzir um tema, tão carregado de drama, de modo divertido e romântico. Com certeza vou reler Duas Vezes Amor, e quando ler novamente vou amar pela segunda vez.

Um beijo da Anne.

*Para ouvir: Please Don’t Say You Love Me – Gabrielle Aplin

 

“Acima de tudo, tende profundo amor uns pelos outros, pois o amor cobre uma multidão de pecados.” Biblía

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s