Resenhas

Um Perfeito Cavalheiro de Julia Quinn (Os Bridgertons #3)

Mais um romancinho previsível, mas apaixonante da maravilhosa Julia Quinn. Confesso que não tinha nenhuma expectativa sobre Um Perfeito Cavalheiro. Depois de ler O Visconde Que Me Amava pensei que nenhum, mas nenhum mesmo, livro dessa série iria me arrebatar como ele tinha feito. Estava tão concentrada em Antony que no início nem dei bola para Benedict. Porém, depois da página 30, só pensava no Bridgerton número 2.

11086664_821731874530620_407088017_n

Benedict Bridgerton é o segundo mais velho de oito irmãos. E ele sempre sofreu com a segunda posição. Não que ele tivesse inveja de seu irmão mais velho. De maneira nenhuma queria a responsabilidade que Antony tinha. Mas por ele ser o segundo, ele sempre era confundido com o terceiro ou com o quarto. O seu sobrenome sempre passava na frente de seu sobrenome, por isso Benedict se sentia estranhamente descolado na sociedade londrina.

Sua mãe estava decidida a arrumar uma esposa para ele, por isso sempre o arrastava para festas e bailes que Benedict não sentia vontade de ir. Mas tudo mudou quando ele conheceu uma moça em um baile de máscaras que sua mãe promoveu. Benedict ficou encantado por ela e os dois passaram por momentos maravilhosos juntos naquela noite. Entretanto, sua donzela se foi do baile não deixando nenhuma pista de quem ela fosse. A partir daí, Benedict passa a frequentar milhões de festas a fim de encontrar o amor de sua vida.

E a nossa mocinha, a misteriosa dama que roubou o coração de Benedict, é Sophie. Uma filha bastarda e não reconhecida de um Conde. Desde pequena ela sempre soube que era uma filha ilegítima de um conde. Ele não lhe dava carinho, mas sempre deu conforto. O conde deixava bem claro que ela era sua protegida e ninguém ousava questiona-lo. O grande problema foi quando seu pai morreu e a deixou sobre os cuidados da madrasta. A mesma coloca Sophie para trabalhar e a faz de sua criada. Todas as mordomias que ela tinha agora são para as duas enteadas de seu pai.

Sophie sempre se conformou com sua vida. Mas uma noite a governanta de sua casa prepara uma noite dos sonhos para ela. Sophie vai escondida para o baile dos Bridgertons, onde conhece Benedict. Ela sabe que nunca poderia ter alguma coisa um Benedict, ele era filho e irmão de Viscondes e ela não passava de uma bastarda, mas naquela noite ela se permitiu ter alguns momentos de felicidade. Porém, ela tem que ir embora e por mais que não queira, o mundo real a chama de volta.

Ela nunca pensou que o veria novamente. Depois de anos, os dois se encontram em uma situação pouco agradável e para a decepção de Sophie, ele não a reconhece. Mas isso não quer dizer que ela passa despercebida pelos olhos de Benedict. Ele a nota e por mais que ela seja uma criada, Benedict já esta apaixonado por Sophie.

Sensacional. Que personagens! Um Perfeito Cavalheiro não tem nada de novo. É uma releitura da famosa Cinderela, mas senti como se tudo fosse novo e inesperado. Sophie é tão corajosa e por mais que tivesse um realidade difícil, no fundo, nunca deixou de sonhar. E Benedict! Que homem mais fofo e cavalheiro! E ainda temos a numerosa família Bridgerton e a famosa Lady Whistledown que roubam a cena como sempre nos proporcionando muitas risadas.

Um casal sensacional. Um enredo velho, mas com sensações novas. E uma autora que sabe nos fazer sonhar e sorrir.  Obrigada Julia Quinn, por um livro tão maravilhoso!

Um beijo da Anne.

cats

Anúncios

Um comentário em “Um Perfeito Cavalheiro de Julia Quinn (Os Bridgertons #3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s