Resenhas

O Ar Que Ele Respira de Brittainy C. Cherry (Elementos #1)

A primeira coisa que me chamou atenção em O Ar que ele Respira foi essa capa maravilhosa. Não fiquei animada ao ler a sinopse, porque não tenho a mínima vontade de ler o outro livro que foi publicado aqui no Brasil da mesma autora. Mas esse homem lindo da capa me convenceu e resolvi arriscar.

o_ar_que_ele_respira_1464795058584370sk1464795058bA protagonista é a Elizabeth. Ela está voltando para sua casa depois de passar um ano morando na casa de sua mãe. Seu marido morreu e durante esse ano ela tentou se reerguer. Elizabeth volta para Meadows Creek a fim de estabilizar a sua vida e de sua filha Emma. Porém quando ela chega em casa, as lembranças de seu marido parecem estar mais presentes do que ela esperava que estaria. Além de ter que aceitar que seu marido não está mais ao seu lado, a pequena cidadezinha parece estar esperando que Elizabeth desmorone. As pessoas são fofoqueiras e más.

E quem parece ser mau é o vizinho de Elizabeth. Ela soube que ele se mudou há pouco tempo e todos já avisaram para ela tomar cuidado porque o homem é estranho e maluco. Quando Elizabeth conhece Tristan as impressões que seus amigos passaram para ela se concretizam. Tristan é mal humorado, grosso, solitário e insensível. Quando se encontram os dois sempre acabam discutindo, porém no meio a discussão eles percebem, nos olhos um do outro, que eles partilham um mesmo sentimento: a perda.

Tristan tinha uma vida perfeita até um acidente de carro levar a vida de sua esposa e de seu filho. Depois da tragédia, se muda de cidade e acaba em uma casa abandonada, com um emprego em uma loja de utilidades e aceita a fama de esquisito e perigoso que aquela cidade intrometida dá a ele. O que está por trás de toda raiva que Tristan expressa em suas atitudes e suas palavras é o fato dele não saber mais porque e por quem viver. Tudo o que ele mais amava foi tirado dele.

Todo esse sentimento de amargura foi quebrado quando Tristan conheceu Elizabeth. Porém ele não queria mudar. Tudo o que Tristan queria era remoer sua tristeza e sua raiva sozinho. Por isso ele repeliu Elizabeth de sua vida sendo grosso e mal educado. Mas Elizabeth, apesar de sentir a mesma dor que ele sentia, se concentrou em trazer Tristan de volta à vida. Ela não desistiu dele. Ofereceu sua amizade e depois de muitas discussões e grosserias, Tristan começou a se abrir e se mostrar um homem diferente daquele que ele mostrava aos outros.

Por mais que Elizabeth não aceitasse ou reproduzisse esse sentimento, ela se sentiu atraída por Tristan no primeiro momento que o viu, mas quando ele se mostra um homem prestativo, companheiro e alegre, a atração de Elizabeth vira paixão. Os dois começam um relacionamento a base de sexo. Tanto um quanto o outro entram em um jogo onde usam o sexo para se lembrarem de seus amores perdidos, mas claro que o sentimento vai crescendo e depois de um tempo eles estão sentindo um ao outro e não as pessoas que foram embora.

É um livro denso, cheio de sentimentos de luto, culpa, saudade e arrependimento. Mas para minha surpresa, a escrita de Brittainy C. Cherry é leve e divertida. Por mais que seja um livro que o assunto principal é a morte, a autora inseriu pequenos elementos que fizeram toda diferença para colocar vida na estória.

O romance de Elizabeth e Tristan em um primeiro instante é um tapa buraco. De início Tristan só quer se lembrar de como foi amar sua esposa e Elizabeth de como foi amada pelo seu esposo. Depois eles começaram a se ver, se sentir e depois se amar. Eles foram entrando um na vida do outro aos poucos e quando perceberam, tinham arrumado um motivo para recomeçar, um motivo para respirar…

O ar que ele respira é um livro que tem tudo na medida certa: romance, drama e comédia. Recomendo para quem gosta de recomeços e finais felizes.

Um beijo da Anne.

cats

“As pessoas falam muito e se atrevem a dar conselhos sobre como superar o luto. Elas dizem que você não deve namorar por anos, que deve esperar o tempo passar, mas a verdade é que não existe tempo para o amor. A única coisa que importa para o amor é a batida do seu coração. Se você ama, não deixe isso te atrapalhar. Apenas se permita sentir novamente. ”

“Você não precisa estar bem o tempo todo. É normal sentir a dor de vez em quando. É normal se sentir perdida, como se estivesse andando no escuro. São os dias ruins que tornam os bons ainda melhores.”

“Estou adorando me apaixonar por ele. Não imaginava que isso fosse possível. Não sabia que um coração, mesmo aos pedaços, ainda poderia bater por amor.”

“Era muito óbvio o que ela significava para mim, era claro o motivo de eu sempre a querer por perto. Ela era simplesmente o ar que eu respirava.”

Anúncios

Um comentário em “O Ar Que Ele Respira de Brittainy C. Cherry (Elementos #1)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s